Como começar a programar em C++

Agora que já explicamos o que é e para que serve a linguagem C++, vamos aprender a baixar, instalar e configurar nosso ambiente de programação, deixando tudo pronto para começarmos a programar de fato.

O que precisa pra programar em C++ ?

Certamente você já viu alguém programando, seja pessoalmente, ou na TV, numa novela ou filme. Geralmente é alguém num ambiente dark, digitando rápido uma série de códigos e palavras indecifráveis em uma tela escura, em meio a uma série de monitores com luzes piscando e texto subindo na tela.

Calma, não precisa de nada 'genial' ou 'super-hacker-do-mal', nem precisa ser super-dotado pra programar. Só sabendo ligar seu computador, entrar no nosso site e ler, você vai ser capaz de começar a programar em C++.

Como começar no C++

Basicamente vamos precisar apenas de duas coisas:
  • Editor de texto
  • Compilador C/C++

O editor de texto é o programa que você vai digitar o código C++, como um bloco de notas, por exemplo.

Compilador é o programa que vai pegar esse texto com o código e transformar em linguagem de máquina. Isso se faz necessário porque o hardware entende apenas a linguagem binária, de 0's e 1's.
Você até pode, teoricamente, digitar em linguagem de máquina.

Mas é mais fácil escrever: cout << "Curso C++ Progressivo";
Do que: 011101001 0011001010 001010101 010 0010011 010101001010  011101001 0011001010 001010101 010 0010011 010101001010  011101001 0011001010 001010101 010 0010011 010101001010  011101001 0011001010 001010101 010 0010011 010101001010  011101001 0011001010 001010101 010 0010011 010101001010

Concorda?

Então, apenas digite os códigos do C++ e deixe que o compilador transforme isso numa linguagem que sua máquina vai entender.

IDE: CodeBlocks

Não vamos te ensinar a programar usando um editor de texto arcaico, depois indo no prompt de comando para compilar, linkar e rodar seus programas, pois isso pode assustar um pouco os iniciantes, dando a impressão que programar é algo complexo.

Vamos te ensinar a programar usando uma IDE (Ambiente de Desenvolvimento Integrado), onde você digita o código, clica num botãozinho, ele compila e roda, mostrando tudo de uma maneira bem simples e fácil.

Indicamos o Code::Blocks.
Para isso, acesse: http://www.codeblocks.org/ (ou digite Code Blocks no Google e entre no primeiro link).

Clique em Downloads: http://www.codeblocks.org/downloads
Depois em download binary release.

Veja que o Codeblocks é multiplataforma, ou seja, você pode programar tanto no Windows, como no Mac e no Linux. Vá para a área de seu sistema operacional.

Vamos baixar e instalar o Code::Blocks já com o compilador, que no caso se chama MingW (deve ter essa palavra no link de download).

No nosso caso, estamos baixando e instalando por esse link:
codeblocks-17.12mingw-setup.exe

Aguarde o download.
Abra o arquivo executável (se tiver no Windows, como administrador do sistema).
Vá apertando em next e escolha a opção full installation.

Rode o Code Blocks:
Como baixar e instalar o Code Blocks

E prontinho, seu ambiente de programação já está devidamente montado e configurado.

Falando um pouco mais sobre o Code::Blocks, ele foi desenvolvido em C++.
Usa o sistema de plugins, para que você pode baixar e instalar por fora, para incrementar e deixar sua IDE mais poderosa e flexível, inclusive para programar em diversas outras linguagens.

Possui syntax highlighting, ou seja, a medida que for digitando, seu código vai ficando 'colorido', realçando palavras-chaves, textos e comandos específicos, que você vai aprender no decorrer de nosso curso.

Também tem auto completar código (você começar a digitar um comando, e ele já entende qual que você quer escrever e completa automaticamente, se você quiser),lista de classes integradas e uma lista de TODO.

É um programa leve, pequeno, consome pouca memória RAM e permite uma variedade de possibilidades, como programar usando diversos tipos de compiladores e sistemas operacionais diferentes.

No próximo tutorial vamos enfim colocar a mão na massa, digitando o código, compilando e rodando nosso primeiro software.

Nenhum comentário:

Postar um comentário