Ajude nosso projeto a se manter online.

Array de Objetos em C++

 Neste tutorial de nosso livro de C++, vamos aprender a criar um array de objetos, bem como manipulá-los.

Criando um array com Objetos em C++

No tutorial passado, criamos uma classe que calculava médias de duas ou três notas, de estudantes. Vamos fazer algo parecido neste tutorial.

Vamos criar a classe Student, e inicialmente ela recebe duas notas. A função construtora seta corretamente as variáveis, e tem uma função chamada getAverage() que retorna a média das duas notas:

#include <iostream>
using namespace std;
class Student
{
    private:
        double grade1, grade2;

    public:
        Student();
        Student(double, double);
        double getAverage();
};

Student::Student()
{
    grade1 = 0;
    grade2 = 0;
}
double Student::getAverage() { return (grade1+grade2)/2; } int main() { Student NeilPeart(10, 8); cout<<NeilPeart.getAverage()<<endl; return 0; }

Note que criamos apenas um objeto, o aluno Neil Peart. Mas que escola tem apenas um aluno? Tem milhares, mas vamos com calma. Vamos trabalhar agora com 5 alunos. Poderíamos fazer:

  • Student alu1, alu2, alu3, alu4, alu5;

Mas, e se fosse um projeto real, com mil alunos? Ia fazer até o alu1000?
Claro que não, né, mané!

Você estudou pelo C++ Progressivo, é uma pessoa esperta e vai logo se lembrar dos nossos amados e queridos arrays, para se trabalhar com muitas variáveis ao mesmo tempo.

Para declarar 5 inteiros, fazemos:

int num[5];

Para declarar 5 chars, fazemos:
char letter[5];

Então adivinha só o que fazemos pra criar 5 objetos da classe Student? Isso mesmo:

  • Student alu[5];
Array de Objetos em C++

Rode o código o código abaixo:

#include <iostream>
using namespace std;

class Student
{
    private:
        double grade1, grade2;

    public:
        Student();
        Student(double, double);
        double getAverage();
};

Student::Student()
{
    grade1 = 0;
    grade2 = 0;
}

Student::Student(double g1, double g2)
{
    grade1 = g1;
    grade2 = g2;
}

double Student::getAverage()
{
    return (grade1+grade2)/2;
}


int main()
{
    Student alu[5];
    cout<<alu[0].getAverage()<<endl;

    return 0;
}

O resultado vai ser 0, pois não inicializamos os objetos do array.

Como inicializar Objetos de um Array

Poderíamos inicializar os objetos um por um, depois de declarar:

    Student alu[5];
    alu[0] = Student(10,9);
    alu[1] = Student(10,8);
    alu[2] = Student(10,7);
    alu[3] = Student(10,6);
    alu[4] = Student(10,5);

Ou poderíamos inicializar logo tudo na hora de instanciar os objetos:
    Student alu[5] = { Student(10,9),
                       Student(10,8),
                       Student(10,7),
                       Student(10,6),
                       Student(10,5) };
Ou até diretamente:
    Student alu[5] = { {10,9},
                       {10,8},
                       {10,7},
                       {10,6},
                       {10,5} };
Se você tiver outras funções construtoras (que recebam uma nota ou 3, por exemplo), também pode colocar diretamente no código, o C++ vai saber chamar a construtor correta. E se você não fornecer nenhuma informação de algum elemento do array, o C++ vai invocar o construtor padrão (é sempre bom ter um, na classe).

Como acessar membros do Array de Objetos

Ok, já declaramos e inicializamos vários objetos de uma vez só, agora precisa aprender a acessar seus membros.

Quando tínhamos um objeto de nome 'name', acessávamos seus membros usando ponto:
  • name.var
  • name.func()

Aqui é a mesma coisa, mas a variável é um elemento de array:
  • arr[0].grade
  • arr[1].getAverage();
Ou seja, mesma coisa, só usar o array bonitinho e o pontinho, seguido do membro da classe/objeto.
O programa a seguir cria 5 objetos, já inicializa com a nota dos alunos e exibe suas médias com a função getAverage():
#include <iostream>
using namespace std;

class Student
{
    private:
        double grade1, grade2;

    public:
        Student();
        Student(double, double);
        double getAverage();
};

Student::Student()
{
    grade1 = 0;
    grade2 = 0;
}

Student::Student(double g1, double g2)
{
    grade1 = g1;
    grade2 = g2;
}

double Student::getAverage()
{
    return (grade1+grade2)/2;
}


int main()
{
    Student alu[5] = { {10,9},
                       {10,8},
                       {10,6},
                       {10,5} };


    cout<<alu[0].getAverage()<<endl;
    cout<<alu[1].getAverage()<<endl;
    cout<<alu[2].getAverage()<<endl;
    cout<<alu[3].getAverage()<<endl;
    cout<<alu[4].getAverage()<<endl;

    return 0;
}
Note que inicializamos apenas os quatro primeiros alunos, então o quinto foi inicializado pelo construtor padrão. Qual foi a média do quinto aluno (alu[4])?

Agora faça outro teste: crie uma classe, que apenas tem o construtor padrão, exibindo uma mensagem na tela. Crie um array de tamanho 10, desses objetos. O que acontece?

Nenhum comentário:

Postar um comentário